Sexta, 16 de Outubro de 2020 14:50

Pela inclusão da vacina chinesa

Secretários de Saúde dizem que Bolsonaro politiza questão

Divulgação

O conselho nacional dos secretários estaduais de Saúde enviou, nesta quinta-feira 15, uma carta ao Ministério da Saúde cobrando compromisso de incluir a vacina chinesa, que será produzida pelo Instituto Butantan, no Programa Nacional de Imunizações.

Os secretários estão preocupados com a politização das vacinas pelo governo Bolsonaro, o que abre a possibilidade de priorizar a vacina da Oxford Astrazeneca e de discriminar a vacina chinesa. 

A carta explica que o governo federal projeta a distribuição da vacina de Oxford, que no Brasil será produzida pela Fiocruz e também está em fase de testes, somente para abril, ao passo que o governo de São Paulo prevê a finalização da fase 3 de testes com a vacina chinesa até o início do mês de novembro.

Desenvolvido por: PontoCOM Desenvolvimento