Quinta, 14 de Janeiro de 2021 08:30

De volta à liberdade

Após passarem por cuidados veterinários, fragatas resgatadas em Caraguá e Ubatuba pelo Instituto Argonauta, são devolvidas à natureza

Instituto Argonauta

O Instituto Argonauta para Conservação Costeira e Marinha, no âmbito do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, mais uma vez tem boas novas.

Trata-se da soltura de três aves marinhas da espécie Fragata ou Tesourão, resgatadas em Caraguatatuba e Ubatuba por equipes do Instituto. 

Segundo os técnicos do Argonauta, a ave resgatada em Caraguá estava muito debilitada e com as penas molhadas e cheias de areia. Já as fragatas de Ubatuba estavam com as penas quebradas e uma delas também apresentava uma lesão no pescoço e cavidade oral.

As três aves foram encaminhadas para o Centro de Reabilitação e Despetrolização de Ubatuba e receberam tratamento imediato com antibiótico e nutrição. 

Dias depois, a partir da constatação de melhora no quadro de saúde, as aves foram consideradas aptas para a soltura.

No Brasil, as fragatas são encontradas principalmente em Fernando de Noronha, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina. 

Desenvolvido por: PontoCOM Desenvolvimento