Sexta, 10 de Janeiro de 2020 13:00

Janeiro Roxo em Ilhabela

Combate à Hanseníase

PMI

A Secretaria de Saúde ilhéu deu início à campanha Janeiro Roxo, que trata sobre a conscientização, prevenção e combate à Hanseníase. As ações se estendem até o dia 31, nas Unidades de Saúde, em alusão ao Dia Mundial da Hanseníase, último domingo de janeiro.

A Hanseníase é uma doença causada pelo Mycobacteruim leprae que atinge primeiramente os nervos periféricos e, depois de meses ou anos, sem tratamento, acomete a pele. É transmitida através das vias respiratórias (fala, tosse, espirro) durante o convívio frequente e prolongado com um doente não tratado.

O principal sintoma da Hanseníase é o aparecimento de manchas no corpo de coloração variada (acastanhada, esbranquiçada ou avermelhada), que não coçam, nem doem, e com diminuição ou perda de sensibilidade, pele seca e queda de pelo. Seguido de áreas com formigamento, dormência e/ou dor ao longo dos nervos dos braços, mãos e pés.

As Unidades Básicas de Saúde realizarão atividades de prevenção e educação em saúde como rodas de conversa, busca ativa, avaliação de comunicantes e atendimento porta aberta aos sintomáticos, ao longo do mês de janeiro.

“Essa campanha é realizada em todo território nacional, e a Secretária de Saúde e Prefeitura de Ilhabela, com o Janeiro Roxo, dão incentivo à prevenção e combate à Hanseníase, com ações durante todo o mês. Nossos profissionais estão capacitados para dar um diagnóstico precoce e realizar o tratamento preciso”, diz o secretário de Saúde, Gustavo Barboni.

Pontos estratégicos foram iluminados com a cor roxa, para chamar a atenção da população sobre a campanha, além de embelezar a cidade.

Ao apresentar algum destes sintomas, procure uma Unidade de Saúde.  A Hanseníase tem cura. O medicamento é fornecido gratuitamente em Unidades Básicas de Saúde.

Desenvolvido por: PontoCOM Desenvolvimento